Em duelo cheio de polêmicas de arbitragem, Seleção Brasileira empata com Equador pelas Eliminatórias | OneFootball

Em duelo cheio de polêmicas de arbitragem, Seleção Brasileira empata com Equador pelas Eliminatórias

Logo: Futebol Latino

Futebol Latino

Nesta quinta-feira (27), já classificada para a Copa do Mundo, a Seleção Brasileira enfrentou o Equador pela 15ª rodada das Eliminatórias. Sem Neymar, a equipe abriu o placar com Casemiro, mas cedeu o empate na segunda etapa. O duelo foi marcado por diversos lances polêmicas do árbitro Walter Roldán.

Com o resultado, o Brasil continua na liderança com 36 pontos e agora enfrenta o Paraguai, no 1º dia de fevereiro, às 21h30 (horário de Brasília), no Mineirão. Enquanto isso, o Equador chega aos 24 viaja para enfrentar o Peru na próxima rodada.

Leia mais

COMEÇO AGITADO E GOL BRASILEIRO!

Logo no primeiro minuto de jogo, Emerson Royal tomou o primeiro cartão amarelo, após deixar o braço no rosto de adversário. Após cobrança de falta, Enner Valencia chega libre no segundo pau e cabeceou com muito perigo. Aos 5′, Coutinho aproveitou bola rebatida, cruzou e Matheus Cunha tentou o cabeceio. Na sobra, Casemiro concluiu para o fundo das redes e abriu o placar para o Brasil.

Mais tarde, Matheus Cunha foi lançado e disputou bola na área. O goleiro Domínguez saio mal e se chocou feio com o brasileiro e após checagem, o jogador equatoriano foi expulso. Coutinho era um dos destaques do Brasil na partida e quase marcou em cobrança de falta. Aos 19′, Emerson atingiu Estrada em forte dividida, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Cinco minutos depois, o goleiro Alisson cortou com os pés lançamento da Seleção Equatoriana, acabou atingindo Valencia e foi expulso. Após checagem do VAR, o cartão vermelho foi trocado pelo amarelo. Logo depois, a partida ficou sem grandes chances, com as equipes tendo dificuldades de construção. A última boa oportunidade foi com Matheus Cunha, em arremate de fora.

OLHA O VAR NOVAMENTE!

Na segunda etapa, o Equador retornou com mais ”fome” e até chegou a abrir o placar aos quatro minutos, mas foi anulado por saída da bola pela linha de fundo. Em seguida, o Brasil respondeu em cobrança de falta lançada na área e Casemiro desperdiçando a chance.

Com 10 minutos de jogo, Estupiñan foi derrubado por Raphinha na área e o árbitro Walter Roldán marcou o pênalti. Após demora para checagem do VAR, a penalidade foi desmarcada. O duelo voltou a ficar sem grandes oportunidades, com um bom lance acontecendo apenas aos 27′, em chute forte de Fred.

Aos 29′, em cobrança de escanteio, Félix Torres subiu junto com Casemiro e conseguiu o cabeceio, Alisson tocou na bola, mas não evitou o empate equatoriano. Com a igualdade, a Seleção Brasileira foi com tudo para conseguir os três pontos.  No fim da partida, Alisson cometeu pênalti em Preciado, tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Novamente depois de checagem, o lance foi anulado.

Saiba mais sobre o veículo