Filho do Terrão do Corinthians, Dinei estreava no profissional há 31 anos | OneFootball

Filho do Terrão do Corinthians, Dinei estreava no profissional há 31 anos

Logo: Central do Timão

Central do Timão

  1. Por Nágela Gaia / Redação da Central do Timão

No dia 28 de outubro de 1990 o ídolo da Fiel, Dinei, estreava pelo Corinthians. Pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro, Dinei substituiu o centroavante Ângelo em empate por 0x0 com o Vasco no estádio do Morumbi.

Na ocasião, a equipe alvinegra, comandada pelo técnico Nelsinho Baptista, entrou em campo com Ronaldo; Wilson Mano, Marcelo, Guinei e Jacenir; Mácio, Ezequiel, Tupãzinho e Fabinho; Neto e Ângelo.

Claudinei Alexandre Pires, mais conhecido como Dinei, nasceu em 10 de setembro de 1970, em São Paulo. Querido pela Fiel, é, junto com o meia Danilo, o único jogador na história do Corinthians a conquistar três Campeonatos Brasileiros (1990, 1998 e 1999).

Foto: Reprodução internet

Filho do atacante Nei, ex-jogador do alvinegro na década de 1960, Claudinei Alexandre Pires chegou ao Parque São Jorge no ano de 1986, levado por Servílio de Jesus Filho. Foi promovido ao tempo profissional em 1990 aos 19 anos.

Criado no Terrão, Dinei nunca conseguiu a titularidade na equipe, porém isso não o impediu de se tornar ídolo. A façanha do ex-atacante é ainda maior porque ele era reserva e em quase todos os duelos entrou no segundo tempo.

Dinei soube tirando proveito disso. Quando ele entrava em campo, um Fiel sabia que a assistência para o gol salvador, viria. Definindo a si mesmo como um segundo-atacante, Dinei marcou 34 gols com sua camisa 18 e deu assistências incontáveis.

Teve duas passagens pelo clube: a primeira durante de 1990 a 1992, e a segunda de 1998 a 2000.

Pelo Timão, Dinei conquistou seis títulos: Campeonato Brasileiro de 1990, 1998 e 1999 – Supercopa do Brasil de 1991 – Campeonato Paulista de 1999 e o Mundial de Clubes FIFA 2000.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo