Galvão Bueno relembra Mundial do Corinthians: ”Fiquei encantado com a invasão da torcida”

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F02%2Fcorinthians54-1.jpg&q=25&w=1080
  • Por Maria Beatriz de Teves / Redação da Central do Timão

Em seu quadro ‘Fala, Galvão’ do programa Esporte Espetacular, Galvão Bueno relembrou os títulos Mundiais de clubes brasileiros. Ao citar 2012, ano na qual o Corinthians foi campeão, o narrador afirmou que ficou admirado pela festa que a Fiel Torcida fez no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão.

”Em 2012, eu fiquei absolutamente encantado com aquela invasão da torcida lá no Japão”, afirmou Galvão.

No dia 16 de dezembro de 2012, em momento histórico protagonizado pelo Corinthians, o Timão conquistava, pela segunda vez, a Copa do Mundo de Clubes da FIFA, em Yokohama, após bater o Chelsea por 1×0, gol de Paolo Guerrero, atualmente no Internacional.

Porém, o que impressionou o mundo todo não foi só a aplicação tática e a raça mostrada pelos comandados de Tite, mas também, o deslocamento de quase 30 mil Fiéis, que lotaram o palco da final para apoiar o Alvinegro.

Na sequência, o narrador mostrou o lance do gol, e em seguida revelou que antes da final entre Corinthians e Chelsea ser realizada, Tite estava super confiante com o título.

”Na véspera (da final entre Corinthians e Chelsea), eu estava saindo do campo, e o ônibus do Corinthians estava estacionado. Nele, apenas Tite se encontrava. Eu dei um sinal para ele, e em seguida, ele fez um sinal com a mão pedindo para eu esperar, e me disse ”Nós vamos ganhar o jogo, o Corinthians vai ser campeão do Mundo”. A confiança dele me pressionou”, revelou.

Leia mais: