Jemerson, Otero e Cazares não devem renovar com o Corinthians

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F04%2FWhatsApp-Image-2021-04-09-at-13.25.09.jpeg&q=25&w=1080
  1. Por Tatiane Vidal / Redação da Central do Timão

Na tarde desta sexta (09), o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade e o gerente, Alessandro Nunes, concederam entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Joaquim Grava para falar do rumo do Timão na temporada.

Questionado sobre renovação de Cazares. Otero e Jemerson que tem contrato até meio do ano, Alessandro foi categórico ao afirmar que não estão tratando dessa questão no momento:

Sobre Jemerson, Otero e Cazares, não estamos tratando neste momento de nenhuma renovação. São atletas que temos total respeito pelo futebol, caráter e profissionalismo. O contrato é curto, mas ainda vigente. Parte comercial e renovação não tratamos neste momento. Estamos buscando diminuir custos no futebol. Se tivesse tratando de renovação expressiva agora, não teríamos reduzido os 25% neste momento. O momento é duro, difícil e precisamos ter bastante serenidade e segurança para fazer qualquer renovação” indicou Alessandro sobre a possibilidade de os atletas não permanecerem.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=567&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F04%2FWhatsApp-Image-2021-04-09-at-13.25.09.jpeg&q=25&w=1080

Com contrato até 30 de junhos, os três jogadores têm alto custo e vai de encontro a prioridade do Corinthians de reduzir folha salarial. A possibilidade de não manter o trio é real, e pode não haver chegada de novos reforços.

Nestes primeiros três meses, a gente teve uma redução de 25% no total das despesas, tiramos perto de R$ 2 milhões por mês da folha. Tudo isso você acumula gordura para em algum momento voltar com algum valor na folha de um jogador que traga qualidade. Mas não queremos mais trazer o “vamos ver se vai dar certo”. O talvez dê certo a gente vai evitar. Ou traz alguém que tenha certeza que dará qualidade no elenco. Para ver se vai dar certo, estamos com os meninos para formar um time forte para brigar pelos títulos“disse Roberto, sobre a chance de reforços.

Leia também: