Mancini pede Corinthians com entrega em campo independente de resultado: 'Tem que ter alma'

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcdn.meutimao.com.br%2F_upload%2Fnoticia%2F2021%2F02%2F21%2Fmancini-se-mostrou-confiante-na-briga-do_sm941w.jpg&q=25&w=1080

O empate sem gols com o Vasco encerrou a chance do Corinthians de conquistar uma vaga na Pré-Libertadores. Mesmo sem ter "pelo que brigar" na última rodada do Brasileiro, Mancini pediu um time com alma, pensando também na próxima temporada.

Ao analisar o jogo contra o Vasco, o treinador corinthiano contou ter visto um time com bastante dificuldade no primeiro tempo, mas que melhorou na etapa final. Relevando resultado, Mancini pediu que o Corinthians tenha, acima de tudo, entrega em campo e que o time jogue com alma.

"Sobre qual Corinthians eu vi, vi um time que melhorou quando cheguei, viveu bom momento e agora tem uma queda, que estamos tentando detectar. Mudamos a equipe, ganhamos em algo, mas perdemos em outro. Ai entram os ajustes. Hoje vi um time com dificuldade, lento no primeiro tempo, mas que melhorou na segunda etapa com algumas alterações. A equipe pressionou mais e é isso que eu quero, um time que se entregue, o resultado faz parte, mas a entrega tem que ser em todas as partidas. Esse time tem que ter alma, como eu sempre falei, e é nisso que vamos insistir", completou logo me seguida.

Buscando terminar o torneio ao menos entre os dez melhores, então, o Corinthians tem seu último compromisso na quinta-feira. Às 21h30, o Timão enfrenta o Internacional, no Beira-Rio, podendo decidir o Campeonato Brasileiro - se a equipe alvinegra vencer o time do Sul, o campeão nacional será o Flamengo, atual líder do campeonato.