Norte-americano que invadiu partida do Super Bowl revelou torcida pelo Corinthians

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F02%2F1000700766-scaled.jpg&q=25&w=1080
  • Por Matheus Fernandes/Redação Central do Timão

No Super Bowl, partida que representa a final da NFL, a Liga de Futebol Americano dos Estados Unidos, um homem invadiu o campo. Na partida entre Tampa Bay Buccaneers e Kansas City Chiefs, o norte-americano Yuri Andrade, que tem cidadania brasileira, conseguiu cometer essa façanha.

“Estava em uma boate em Dubai com os meus amigos. Eles já tentavam há 4 anos fazer essa invasão para divulgar a marca de um site (Vitaly Uncensored). E isso nunca tinha acontecido. Eu disse que poderia fazer acontecer. Em uma hora eu bolei um plano e disse que era possível.”, afirmou Yuri, em entrevista ao Torcedores.

Nascido em Franca, no estado de São Paulo, Yuri em seus 31 anos, já visitou o Brasil por sete vezes, e se mantém conectado ao país.

“Eu torço para o Corinthians. Acompanho o time há 15 anos. Vai, Corinthians!”, disse.

Com o seu plano bem sucedido, o norte-americano faturou algo em torno de 300 mil dólares (cerca de R$ 1,6 milhões na cotação atual). A quantia era totalizada em U$375 mil, mas o site de aposta americano Bovada optou por cancelar o bet e não pagou os 75 mil a Yuri.

Por invadir o campo, Yuri Andrade ganhou grandes holofotes em volta de si. Devido a isso, o norte americano torcedor do Corinthians foi convidado pelo presidente da São Paulo Football League, Ricardo Trigo, para dar o pontapé inicial no campeonato.

“Com certeza irei. Me diga a hora e o local que eu estarei lá.”, finalizou.