🏟 Qual foi o último jogo do seu time aberto ao público?

Logo: OneFootball

OneFootball

Guilherme Ferreira

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F07%2Fmane-1000x666.jpg&q=25&w=1080

Nesta quarta-feira (21), o Estádio Mané Garrincha deve receber o primeiro jogo de futebol no Brasil com venda de ingressos para torcedores após quase um ano e meio.

Com o jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia aberta ao público, o OneFootball decidiu lembrar quando isso aconteceu pela última vez com os 20 clubes da Série A, mais Botafogo, Cruzeiro e Vasco.

Não consideramos partidas com presença apenas de convidados. Por isso, jogos como a final da Libertadores entre Palmeiras e Santos não entram na lista, que foi feita com base em números do GE.


América-MG 1 x 1 Boa Esporte

Campeonato Mineiro | 8 de março de 2020 2.174 pagantes

Foi o maior público de 2020 para o Coelho, que liderava a primeira fase e caiu nas semifinais do estadual.


Athletico-PR 1 x 0 Rio Branco

Campeonato Paranaense | 4 de março de 2020 5.346 pagantes

Jogo com o time de aspirantes. Até porque no dia anterior o Furacão duelou contra o Peñarol pela Libertadores no mesmo palco diante de mais de 19 mil pagantes.


Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro

Campeonato Mineiro | 7 de março de 2020 47.534 pagantes

Despedida com grande público e em grande estilo ao vencer o maior rival no Mineirão com um gol nos acréscimos do segundo tempo.


Atlético-GO 2 x 0 São José-RS

Copa do Brasil | 11 de março de 2020 4.116 pagantes

Vitória que encaminhou a classificação. Três dias depois o Dragão foi mandante contra o Grêmio Anápolis pelo estadual, mas o jogo não teve público.


Bahia 0 x 0 Doce Mel

Campeonato Baiano | 7 de março de 2020 29.304 pagantes

Jogo morno que manteve o Bahia na liderança do estadual, com quatro pontos de vantagem sobre o Vitória.


Botafogo 1 x 0 Paraná

Copa do Brasil | 10 de março de 2020 20.469 pagantes

A partida seguinte do Botafogo também foi como mandante. Pelo estadual, o japonês Honda estreou com gol, mas diante de arquibancadas vazias.


Bragantino 4 x 0 Água Santa

Campeonato Paulista | 13 de março de 2020 2.690 pagantes

Foi o último jogo antes da paralisação no calendário do futebol brasileiro.


Ceará 1 x 0 Vitória

Copa do Brasil | 12 de março de 2020 17.264 pagantes

Jogo que encaminhou a classificação na Copa do Brasil. Poucos dias depois o duelo contra o Sport pela Copa do Nordeste no Castelão já aconteceu sem torcida.


Chapecoense 3 x 0 Joinville

Campeonato Catarinense | 8 de março de 2020 4.408 pagantes

Foi o maior público na Arena Condá em 2020 e a segunda maior vitória da Chape no ano, atrás só da goleada por 5 x 0 contra a Ponte Preta na Série B.


Corinthians 1 x 1 Santo André

Campeonato Paulista | 26 de fevereiro de 2020 17.128 pagantes

Único time da lista que “se despediu” da torcida ainda em fevereiro. Timão ainda jogou em casa poucos dias depois contra o Ituano, mas já sem público.


Cruzeiro 0 x 2 CRB

Copa do Brasil | 11 de março de 2020 10.247 pagantes

Derrota resultou na demissão de Adílson Batista e encaminhou a eliminação no mata-mata.


Cuiabá 1 x 1 União Rondonópolis

Campeonato Mato-Grossense | 8 de março de 2020 588 pagantes

A torcida do Cuiabá ainda não teve a chance de ver seu time jogando na primeira divisão e foi para as arquibancadas pela última vez no estadual de 2020.


Flamengo 3 x 0 Barcelona (EQU)

Libertadores | 11 de março de 2020 58.100 pagantes

Ainda vivendo a euforia do time dirigido por Jorge Jesus, o Fla teve mais de 40 mil torcedores no Maracanã em seis dos sete jogos como mandante até a paralisação do calendário.


Fluminense 4 x 0 Resende

Campeonato Carioca | 8 de março de 2020 10.094 pagantes

Maior vitória do time em 2020, ao lado da goleada contra o Coritiba no Brasileirão, pelo mesmo placar.


Fortaleza 3 x 0 Pacajus

Campeonato Cearense | 11 de março de 2020 10.081 pagantes

Poucos dias antes a torcida do Leão tinha colocado mais de 52 mil pessoas no Castelão, maior público no Brasil em 2020 em jogos que não envolviam o Flamengo.


Grêmio 0 x 0 Inter

Libertadores | 12 de março de 2020 49.971 pagantes

O tão aguardado Gre-Nal 424 acabou marcado pelas oito expulsões (quatro pra cada lado) e pela briga generalizada no fim do jogo.


Inter 2 x 0 Brasil de Pelotas

Campeonato Gaúcho | 8 de março de 2020 11.796 pagantes

Poupando atletas para o clássico pela Libertadores e com Eduardo Coudet como treinador, o Inter viu torcedores no Beira-Rio pela última vez em jogo da segunda rodada do segundo turno do estadual.


Juventude 1 x 1 América-RN

Copa do Brasil | 11 de março de 2020 3.433 pagantes

O jogo de volta aconteceu só em agosto e teve o mesmo placar, mas o Juventude avançou nos pênaltis.


Palmeiras 3 x 1 Guaraní (PAR)

Libertadores | 10 de março de 2020 28.267 pagantes

Jogo com Luxemburgo no banco de reservas e três gols de Luiz Adriano, no início da campanha que levaria ao título da Libertadores.


Santos 3 x 1 Mirassol

Campeonato Paulista | 7 de março de 2020 6.762 pagantes

Poucos dias depois o Santos ainda jogou na Vila Belmiro contra o Delfín (EQU) pela Libertadores, mas com portões fechados.


São Paulo 3 x 0 LDU (EQU)

Libertadores | 11 de março de 2020 39.107 pagantes

Vitória tranquila com figuras fora de campo que não estão mais no clube: Fernando Diniz como treinador, Lugano e Raí como dirigentes.


Sport 1 x 0 Santa Cruz

Copa do Nordeste | 7 de março de 2020 12.679 pagantes

Clássico rendeu o maior público do Leão em 2020, com mais que o dobro do número de torcedores do segundo jogo da lista.


Vasco 0 x 1 Goiás

Copa do Brasil | 12 de março de 2020 17.514 pagantes

Confusão entre torcedores na arquibancada e protestos contra o então presidente Alexandre Campello e o então treinador Abel Braga marcaram o fim do jogo.


Foto destaque: IMAGO / Photosport