Recordista do Bola de Prata, Claudinho sonha com Seleção Brasileira: “Vai ser um feito muito grande”

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.gazetaesportiva.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fimagem%2F2021%2F02%2F06%2Fclaudinho.jpeg&q=25&w=1080

O meia Claudinho foi o principal destaque do Prêmio Bola de Prata nesta sexta-feira. O jogador do Red Bull Bragantino integrou a seleção do Brasileirão, além de ser artilheiro, revelação e craque do campeonato.

Esta é a primeira vez que um atleta fatura quatro prêmios no Bola de Prata. De acordo com Claudinho, é satisfatório estar escrevendo seu nome na história.

“É a primeira vez que acontece isso, de um jogador ganhar quatro prêmios no Bola de Prata. Fico feliz por estar fazendo história, espero continuar assim”, afirmou em entrevista à Espn.

O camisa 10 ainda relembrou momentos de dificuldade de sua carreira, quando não era aproveitado pelo Corinthians, mas apontou que o período serviu de aprendizado.

“Acho que as situações que eu passei serviram de aprendizado, para eu crescer e viver o momento que estou vivendo (…) Desde quando eu cheguei no Red Bull, antes da parceria com o Bragantino, eu amadureci bastante. O Red Bull tem uma estrutura excepcional, cuidado individual. Ali acabou me ajudando a crescer, amadurecer. Me sinto cada vez mais pronto”, explicou.

Agora, Claudinho passa a aparecer entre os principais nomes do futebol brasileiro. Ao falar sobre futuro, ele nega indicar os próximos passos, mas destaca o sonho de jogar na Seleção Brasileira.

“A Seleção é um sonho meu, de qualquer jogador. Se eu conseguir realizar esse sonho vai ser um feito muito grande para mim e minha família. Eu tento não pensar muito no futuro, tenho que pensar no presente. Trabalhar agora para colher coisas boas no futuro”, concluiu.