Torcedor do Boca é flagrado fazendo gesto nazista à torcida do Corinthians na Neo Química Arena | OneFootball

Torcedor do Boca é flagrado fazendo gesto nazista à torcida do Corinthians na Neo Química Arena

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Um torcedor do Boca Juniors foi detido na noite desta terça-feira por ter feito gestos nazistas em direção à torcida do Corinthians. Em vídeo gravado por torcedores que estavam no setor Leste Inferior, o homem é flagrado fazendo uma saudação nazista, com o braço estendido e a mão espalmada.

Além do gesto, o torcedor ainda colocou o dedo em cima do seu bigode, possível referência ao ditador Adolf Hitler, idealizador e líder nazista na Alemanha dos anos 30 e 40. O vídeo registra a repetição de ambas as ações. Em depoimento à polícia, ele alegou ter mandado beijos e, como não havia prova de gesto nazista, segundo a PM, deve ser liberado.

Segundo informações do repórter Henrique Toth, do Ge.Globo, o torcedor foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim) da Neo Química Arena. Junto dele estavam os corinthianos que acompanharam o ocorrido para oficializar a acusação.

A apologia ao nazismo, no Brasil, se enquadra no mesmo item do código penal que dá conta do racismo (Lei 7.716/1989).

  • Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Pena: reclusão de um a três anos e multa – ou reclusão de dois a cinco anos e multa se o crime foi cometido em publicações ou meios de comunicação social.
  • Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.

Além do torcedor detido pelo nazismo, outros aficionados do Boca que foram ao estádio também foram encaminhados para responder por injúrias raciais cometidas ainda antes da partida. Estes torcedores imitaram macaco na direção da torcida e também foram flagrados por corinthianos.

Notícias relacionadas

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo