Com Rodrigo Varanda, Corinthians chega a 19 empréstimos na temporada e mantém redução

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F09%2Fagenciacorinthians-foto-173072-1.jpg&q=25&w=1080
  1. Por Kennedy Cardoso / Redação Central do Timão

Na última segunda-feira (13), a diretoria do Corinthians acertou o empréstimo de Rodrigo Varanda ao São Bernardo, do interior de São Paulo, até o fim do Campeonato Paulista do ano que vem – o jogador, inclusive, já foi anunciado e falou pelo novo clube. Sendo assim, o Timão chegou a 19 empréstimos na temporada, impactando diretamente na redução da folha salarial e abrindo espaço para as chegadas de reforços pontuais recém-contratados – como Renato Augusto, Giuliano, Roger Guedes e Willian.

Mesmo ainda não divulgando os balancetes dos meses de julho e agosto, o time alvinegro garante que os custos mensais com o plantel de futebol masculino profissional está em cerca de R$ 10 milhões a R$ 11 milhões, já contabilizando os nomes citados. Para efeito de comparação, a folha salarial em dezembro do ano passado era R$ 14,6 milhões.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=720&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F09%2Fagenciacorinthians-foto-173072-1.jpg&q=25&w=1080

Foto: Agência Corinthians.

A economia considerável é resultante de várias saídas desde o início do mandato do presidente Duilio Monteiro Alves, em janeiro deste ano. Atletas como Rómulo Otero, Jemerson e Camacho tiveram seus vínculos encerrados os rescindidos, o que também ajudou a reduzir o montante mensal pago ao elenco. Além disto, o clube do Parque São Jorge espera que jogadores cedidos a outros times se destaquem e despertem o interesse de equipes do interior.

Um exemplo é o caso de Éderson, titular absoluto no Fortaleza e uma das principais surpresas positivas do Brasileirão. O volante teve oferta do Newcastle, da Inglaterra, de acordo com o “UOL Esporte”, mas o clube inglês não conseguiu entrar em um acordo com a diretoria paulista.

Há também casos de jogadores emprestados com valor de compra fixado em contrato, como Ramiro (Al Wasl-UAE), Mateus Vital (Panathinaikos-GRE), Léo Natel (Apoel-CYP), Matheus Davó (Philadelphia Union-EUA) e Bruno Méndez (Internacional). É bom ressaltar que o Corinthians está em grave crise financeira e precisa vender jogador para aumentar o fluxo de caixa, prejudicado desde o início da pandemia de Covid-19. Ainda há a possibilidade de novas saídas, seja por venda ou empréstimo.

Veja mais:

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo