Lateral Guga está na disputa por dois prêmios individuais

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fdeusmedibre.com.br%2Fdeusmedibre%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F02%2Fguga-site.jpeg&q=25&w=1080

FOTO: PEDRO SOUZA / ATLÉTICO

Faltando dois jogos para o final do Brasileiro, o lateral Guga se mantém firme na briga por dois prêmios individuais. O de revelação do Brasileiro e de melhor lateral direito da competição. A Bola de Prata é uma premiação dada pela ESPN.

Guga chegou ao Atlético em janeiro de 2019, para disputar posição com Emerson que acabou sendo vendido para o Barcelona no segundo semestre do próprio ano.

Em 2020, com a chegada Sampaoli assumiu de vez a titularidade da lateral, porém exercendo funções diferentes dentro de campo das que já estava acostumado. Hoje no esquema do técnico argentino, Guga por várias vezes exerce a função de terceiro zagueiro auxiliando na saída de bola.

Guga possui 76 jogos com a camisa do Atlético e um gol. Pelo Campeonato Brasileiro de 2020, jogou 29 das 36 partidas do time até o momento.

Claudinho do Bragantino, e Gabriel Menino do Palmeiras, disputam com Guga o troféu de revelação do Brasileiro. O vencedor será decidido através de voto popular pela internet. Para estar elegível os jogadores escolhidos tinham que cumprir dois requisitos : ter idade olímpica (nascidos até final de 1977) e ter completado 19 jogos pelo Brasileiro pela primeira vez.

Para votar basta clicar aqui.

Já o prêmio para melhor lateral do Brasileiro será decidido por questões técnicas de acordo com o desempenho do jogador dentro de campo. Hoje, Guga ocupa a segunda colocação na disputa, atrás de Isla do Flamengo.